Untitled-816.png

antes
do tempo
existir

Antes do Tempo Existir é um processo cênico que tem direção geral da artista Andreia Duarte, em uma criação compartilhada com os artistas indígenas Denilson Baniwa e Lilly Baniwa, e direção artística de Kenia Dias e Ricardo Alves Júnior.

O espetáculo traz a concepção de que antes mesmo do tempo existir, a memória longínqua e originária presente nos povos indígenas sempre mostrou a complexidade da vida e a necessária reciprocidade das existências no planeta. Assim que esses povos reverenciam a beleza do mundo em seus corpos, dançando e cantando para entrar no ritmo do planeta.

O tempo dilatado dessa vivência permite uma relação afetiva que expande as possibilidades de comunicação entre as existências. É um lugar de conexão onde o vento, o animal, o vegetal, os espíritos da floresta, a chuva e os humanos são seres que acessam seus habitats, alimentos, têm personalidade e se relacionam entre si.

O processo criativo aconteceu por meio de etapas, com imersões dos artistas e equipe em equipamentos da cidade de São Paulo: SP Escola de Teatro (outubro de 2021), Biblioteca Mário de Andrade (abril de 2022) e Instituto Goethe (maio de 2022), que culminam na estreia do espetáculo na próxima edição da MITsp - Mostra Internacional de Teatro de São Paulo, em junho.

PROCESSO CRIATIVO

Reconhecemos a continuidade dramatúrgica no trabalho, importante para ser retomada na realização que organizamos em três etapas, potencializadas especialmente por meio das parcerias institucionais com a Biblioteca Mário de Andrade, Goethe-Institut e MITsp – Mostra Internacional de Teatro.

RIDERS:

SOM

VÍDEO

LUZ

DESCRITIVO DE CARGA

ESPAÇO CÊNICO

FICHA TÉCNICA

DIREÇÃO GERAL E CONCEPÇÃO

Andreia Duarte

DIREÇÃO CÊNICA

Kenia Dias e Ricardo Alves Jr

DRAMATURGIA

Andreia Duarte, Kenia Dias e Ricardo Alves Jr

TEXTOS

Artistas em cena

CRIAÇÃO COLETIVA

Todos artistas envolvidos.
Destaque para Jaider Esbell (in memorian) e Zahy Guajajara que estiveram presentes na primeira imersão

ARTISTAS EM CENA

Andreia Duarte, Denilson Baniwa, Lilly Baniwa

 

ARTISTA CONVIDADA

Rosa Peixoto

ASSISTENTE DE DIREÇÃO E ILUMINAÇÃO

Lucas Pradino

TRILHA SONORA

Barulhista

ESPAÇO CÊNICO E FIGURINO

Renato Bolelli

COSMOS E PERFORMANCE PAJÉ ONÇA

Denilson Baniwa

CENITÉCNICA E COSTURA

Enrique Casas

OPERAÇÃO DE LUZ E VÍDEO

Lucas Pradino, Ricardo Barbosa

OFICINA DE VOZ

Silvana Stein

PRODUÇÃO

Juliana Pautilla

André Lucena (2021 / 2022)

PRODUÇÃO TÉCNICA LOCAL

Victor Gally (Sp Escola de Teatro)

Will Zimolo (Biblioteca Mário de Andrade)

 

CRIAÇÃO DE VÍDEO E COORDENAÇÃO TÉCNICA

Rodrigo Gava

FOTOGRAFIA

Amanda Dafoe, Francio De Holanda, Guto Muniz, Paulo Salles, Ricardo Alves Jr, Silvia Machado

COMUNICAÇÃO VISUAL + DESENVOLVIMENTO DO SITE

Casaplanta | Amanda Dafoe

CATERING

Cléria de Oliveira Moura

PARCERIA

Casaplanta

Móbili

Sp Escola De Teatro

Translapas

APOIO CULTURAL

Goethe-Institut

Biblioteca Mário de Andrade

 

CO-REALIZAÇÃO

Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo Através da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc

Mitsp - Mostra Internacional

de Teatro de São Paulo

REALIZAÇÃO

OUTRA MARGEM

AGRADECIMENTOS

Ailton Krenak

Davi Kopenawa

Guilherme Marques

Antônio Araújo

Rafaela Campos

Renata Tupinambá

Karine Legrand